Geraldo Magela de Oliveira

Contato

Você me ensinou o que é AMAR - Crônicas do Oliver

Crônicas do Oliver

Você me ensinou o que é AMAR

Olá,

Outro dia vi uma tatuagem em uma moça que me chamou a atenção. Ela dizia na tatuagem o quanto alguém lhe havia ensinado a amar. Parei para pensar e procurei em minha memória sobre como eu aprendi a amar. Em um primeiro momento deveria ser fácil falar sobre isso. Mas, se você olhar bem fundo as coisas não são tão fáceis. Poderia ter sido minha mãe com um jeito austero e amável ao mesmo tempo. Poderiam ter sido meus avós com quem eu tive o privilégio de morar e eram as melhores pessoas que já convivi até hoje. Tive a alegria de em minha vida adulta também descobrir o Amor de D'us por mim me transformando em um ser humano muito melhor do que aquilo que fui. Ainda estou longe de ser uma pessoa exemplar, mas creio que seguindo os caminhos por onde ando hoje a minha chance de lá chegar é enorme. Também poderia ter sido através de minhas filhas que me ensinaram um jeito de amar incondicional. Mas, também passaram por minha vida algumas mulheres especiais, minha esposa e também algumas poucas namoradas. Se fôssemos olhar de forma genérica todas elas me ensinaram um pouco sobre o amor. Mas, sempre tem aquela pessoa que marca sua vida de uma forma especial. Não importa se foi recente ou no longínquo passado haja eu já ter alguns aninhos vividos. E, no entanto ao me lembrar dessa menina viajei de uma forma incrível. Tive o privilégio de namora-la em um tempo belo em minha vida. Belo porque como todo adolescente entrando para a vida adulta vivemos experiências únicas que moldam nosso caráter e tem o poder de nos transformar em pessoas boas ou nem tanto. E apesar de toda a luta que foram os tempos de namoro, idas e vindas que aqueciam cada vez mais os sentimentos, as relações sempre foram cercadas de muito amor e respeito. Ora esta menina que assim como eu também sofreu muito na vida teve um papel primordial no meu descobrimento do que é amar e ser amado. Não ficamos juntos, porém as marcas deste amor seguem-me até hoje seja por sua pureza, intensidade ou simplesmente por este amor existir. O que ela me ensinou, guardo até hoje em meu peito. Então, independente de quem passou por minha e por sua vida, devemos agradecer pela forma que esta pessoa com seu jeito único nos ensinou um amor diferente. Por isso, hoje eu te agradeço por ter me ensinado a amar de uma for tal que apesar de todos os anos eu continuo a amar. Apesar de toda a dor e sofrimento passado eu continuo a amar. E principalmente, mesmo que não seja o amor de hoje você me ensinou o amor de uma forma única e gentil. E nesta toada de amor intenso, eu te agradeço Senhor por todos os amores que por minha vida passaram e que todos eles sejam repletos de felicidade e bem-querer por onde passarem. Não importa o tempo, não importa o jeito o que importa é a saudade que fica e o amor que se constrói a cada dia.

Amo-te meu D’us por isso e muito mais

Na certeza de que sem o Amor de D'us eu nada seria, vivo constantemente para amar.