Geraldo Magela de Oliveira

Contato

Uma DOR ESCONDIDA - Crônicas do Oliver

Crônicas do Oliver

Uma DOR ESCONDIDA

Olá,

Todos nós sentimos dor. Em maior ou menor intensidade, porém todos as sentimos. Uns tem a capacidade de externar esta dor perante outros, porém há muitos que são incapazes de demonstrar o que sentem e em alguns casos esta dor é tão profunda que mesmo se quisessem, não poderiam mostrar o que sentem a outrem. Há aqueles que sofrem a dor do amor não correspondido, aqueles que sofrem a dor da perda de um ente querido, alguns sofrem a dor da rejeição por pais e amigos e aqueles que sofrem a dor espiritual. Esta dor espiritual é aquela em que não nos sentimos bem no mundo em que vivemos e buscamos algo de novo em nossas vidas. E quando falo desta dor, não digo daqueles que não conhecem a D'us ou que não frequentam nenhum tipo de religião ou crença filosófica. Falo daqueles que mesmo convertidos a uma religião e creem que estão salvos e ainda assim buscam mais e mais alternativas de culto e revelações. São pessoas insatisfeitas com o que vivem e consigo mesma, pois não conseguem se religar a D'us. Falta-lhes a convicção verdadeira da Fé. Aquela que é capaz de trazer vida aos mortos, aquela que nos mostra o caminho verdadeiro e que faz com que nos sintamos plenos da Presença Magnífica de D'us. Mas, o que nos leva a ter essa atitude de não enxergar o quanto essa dor é perniciosa a cada um de nós. Primeiro, nós mesmos por não acreditarmos naquilo que somos capazes. Segundo, nos deixar levar por todas as promessas feitas por homens que se dizem "servos de D'us" e que levam muitos ao engano. E não menos importante a nossa ganância material que nos faz querer ter mais e mais bens materiais ao invés de queremos ser mais Servos. Aliás, Servo é uma palavra que não está em voga no meio cristão. Digo isso porque a cada dia mais os crentes querem ser servidos em uma era em que só os que fizerem mais pelos líderes terão seu valor reconhecido e então dignos da recompensa vindoura. Pois, são estes erros que fazem com que esta dor só aumente. No entanto, algo há que possa ser feito por cada um de nós para que esta dor diminua ou até mesmo vá embora para sempre. é preciso que cada um de nós descubramos a nossa dor para que ela possa ser resolvida. Temos que trazer à luz esta dor que se encontra no mais profundo de nosso íntimo para ser vencida. E então, através da partilha de nossos medos, de nossa dor e de todo o nosso sofrimento com Aquele que é O Único capaz de nos curar, ela será então extirpada de nós e poderemos dizer verdadeiramente que uma nova criatura somos.

Na certeza de que com a ajuda de Nosso D'us através de Seu Filho Jesus seremos totalmente curados e não teremos mais dores.