Geraldo Magela de Oliveira

Contato

Sobriedade no Culto A Deus - Crônicas do Oliver

Crônicas do Oliver

Sobriedade no Culto A Deus

Olá,

Há alguns dias venho observando as características e o que acontece durante alguns cultos religiosos. E infelizmente, o que tenho notado é a ausência da simplicidade e o império da soberba. Para minha tristeza, tudo está a se tornar um espetáculo. Um verdadeiro show. Onde o protagonista é um homem que faz acrobacias, dança e entretém a plateia com sua performance um tanto tresloucada. E onde deveria ser um culto de adoração Ao Eterno Nosso D'us, se tornou um lugar de bajulação ao preletor popstar que ali se encontra. É um culto a si mesmo onde tudo o que é dito, serve somente para que alguns poucos privilegiados recebam o dom especial que será distribuído naquela sessão. E o que penso sobre isso, muitas vezes não posso falar nem escrever ao público. Mas, sinto a saudade de um tempo onde o que se via na igreja era somente a adoração a D'us e um lugar onde o preletor era somente o mensageiro da boa Palavra, e que através desta sua dedicação exclusiva muitos milagres aconteciam e não eram divulgados como forma de trazer novos membros à comunidade. Era um tempo onde a alegria da salvação por si somente era o bastante. Por isso, tenho saudades daquele tempo e quero que ele volte. Mas para que isso aconteça, devemos começar por nós mesmos. Mas como faremos isso? Em primeiro lugar mostrando a todos que a igreja é morada de D'us e que ali, somente o Senhor é digno de receber o louvor e a adoração. E que ali, as bênçãos estão disponíveis para todos aqueles que crerem e não somente para quem dá a maior oferta. E então fazendo isso, começaremos a mudar a nós mesmos. Seremos transformados em verdadeiros adoradores que, despidos de toda vaidade e prontos a servir ao nosso próximo, mudaremos o mundo atual. Por isso, hoje é o tempo de trabalhar a igreja para que seja como a idealizada pelo Senhor. Uma igreja de almas e não de pedras. D'us não está a procura de templos suntuosos, Ele somente procura corações abertos e quebrantados que se dispõem a receber todo o amor que Ele tem para oferecer. Estes serão os verdadeiros Templos onde O Eterno habitará eternamente. E como faço parte de uma comunidade onde os preceitos ditados Pelo Senhor são respeitados, tenho uma experiência diferente. Mas não posso me furtar à indignação pelo que acontece ao nosso redor. Então convoco a todos aqueles que amam A D'us de forma intensa, para que se disponham a mudar o que acontece atualmente. Pois é nessa brecha que devemos entrar e dela não querer mais sair. E que nosso próximo exercício, seja este, mudar a nós mesmos em busca de ser um verdadeiro servo de D'us, e escolhido para fazer a obra D'Ele com amor e sobriedade. Que o espetáculo fique nos teatros e circos. Igreja é lugar de adoração Ao Senhor. Por isso, peço que a partir de hoje possamos enxergar melhor o caminho que devemos seguir. E que seja trilhado com amor e bondade ao nosso semelhante.

Porque D'Ele sou servo e por Ele sou amado.