Geraldo Magela de Oliveira

Contato

Ser como o BAMBU - Crônicas do Oliver

Crônicas do Oliver

Ser como o BAMBU

Olá,

Já paramos para pensar em quantas vezes diariamente somos acometidos pela raiva? Seja no trabalho, em casa, na igreja e principalmente no trânsito. Todos nós sem exceção, passamos por estes momentos. Porém, essa raiva deve ser tratada como se estivéssemos praticando idolatria, uma vez que a raiva que sentimos é maior ao pensar que somos melhores que os outros e que estes não são capazes e não estão à nossa altura. Sentir raiva é como um defeito de caráter. Pois faz mal ao nosso corpo, à nossa alma e principalmente aos que lidam conosco. Dizem os antigos sábios que o verdadeiro herói é aquele que consegue dominar e controlar suas paixões e emoções. Devemos assim então procurar viver de forma mais simples, sendo mais corteses e com um senso de justiça mais ameno e apurado. Devemos retirar de nós toda a arrogância, toda a porfia e principalmente toda vaidade. Sim, somente sentimos esta raiva toda por sermos vaidosos e extremamente crentes de que somos os melhores. A humildade em reconhecer que existem pessoas que são melhores que nós em muitos aspectos é uma capacidade além daquilo para o qual fomos talhados por nossos líderes de até então. Temos em nossas igrejas em sua grande maioria sido formados como excelência e, portanto seres superiores. Uma denominação que fala que nascemos para sermos empresários, outra que diz que o ímpio tem que nos servir. E então? Somos melhores que alguém? Não fomos formados do mesmo barro? Não procuramos servir Ao mesmo D'us? Não somos melhores que ninguém. É hora de deixarmos nossa arrogância de lado e nos voltarmos para o que é importante. Que é o serviço ao bem maior. O Reino de D'us. Sejamos então como o bambu. Para que tenhamos uma raiz forte que é nossa vida espiritual firmada somente na Palavra de D'us, e sejamos firmes e inabaláveis em nossa crença no Reino vindouro e em Nosso Mestre Jesus, que sejamos flexíveis com todos os que nos rodeiam trazendo-os para o caminho verdadeiro da plenitude do Amor de D'us e que sejamos fecundos a ponto de trazermos cada dia mais ovelhas para o rebanho de Nosso Senhor e Salvador. Com certeza se assim nos comportarmos, o Reino de D'us estará repleto de novas vidas e será uma constante festa para a Alegria do Pai e também da nossa.

Porque tenho muito que aprender e com a Palavra de D'us firmada em meu coração lá chegarei.