Geraldo Magela de Oliveira

Contato

Segundas oportunidades - Crônicas do Oliver

Crônicas do Oliver

Segundas oportunidades

Olá,

Já paramos para pensar em quantas pessoas tem nos magoado no dia a dia? É normal que isso aconteça, uma vez que carnais como somos e imperfeitos no trato e em nossa evolução como ser humano. Todos os dias alguém nos chateia, seja sem querer ou não. Mas, no fim do dia, estamos inteiros e com um bom carinho dos filhos, pais ou cônjuges estamos aptos a ter um novo dia. Porém, nós também magoamos a outrem, não somos vitimas somente e em muitas das vezes temos nossa pitada de algoz. E nestes momentos em que agimos contra alguém e em muitos casos ferimos realmente estas pessoas, alguns de nós tem a sensibilidade e a humildade de pedir perdão. E assim fazendo, temos a certeza de que seremos novamente dignos do amor e apreço destas pessoas. Havendo perdão, temos uma nova chance de fazer as coisas da maneira correta sem magoar ninguém. Isto se chama uma segunda oportunidade. Então eu pergunto. Quantas segundas oportunidades temos dado a quem nos machuca? Falo isto porque tenho visto uma imensidão de pessoas sofrendo não por causa da dor que lhes afligiram, mas por causa de sua nula capacidade de perdoar. Famílias são desfeitas, amizades de uma vida jogadas fora, ministérios que são destruídos e tudo isto porque não exercitamos nossa capacidade de perdoar. Eu que nem sempre fui um servo de D'us, já tive várias segundas oportunidades e aprendi que cada vez que sou perdoado melhoro meu comportamento e aquele erro não é mais cometido. Isso tem me feito uma pessoa cada dia melhor. Sou isento de erros? Em hipótese alguma. Sou um pecador em busca da perfeição e da Salvação. D'us em sua infinita grandeza e misericórdia, muito tem me ensinado e é deste aprendizado que clamo a todos que façamos uma experiência. Hoje é o primeiro dia do resto de nossas vidas e para começarmos bem vamos a partir deste momento liberar perdão a que nos tem magoado. Para mim tem sido uma boa experiência e tenho certeza que será para todos que a seguirem. Se te afligiram hoje, perdoe e ensine a quem perdoas a capacidade de perdoar. Vamos fazer com que este ciclo seja virtuoso e que muitas vidas sejam alcançadas através do perdão. Lembre-se que nós tivemos uma segunda oportunidade através da vida de Noé e outra através do sacrifício de Jesus. Portanto, quem somos nós para não perdoar alguém? Lembre-se que uma dívida infinitamente maior nos foi perdoada e hoje somos chamados a ser servos Do Altíssimo.

Na certeza de um tempo de perdão e novas oportunidades.