Geraldo Magela de Oliveira

Contato

Qual a Marca da nossa IDENTIDADE? - Crônicas do Oliver

Crônicas do Oliver

Qual a Marca da nossa IDENTIDADE?

Olá,

Há algum tempo quando ainda se podia andar livremente nas ruas, era comum eu ir ao centro da cidade em que moro fazer algumas compras, tomar um cafezinho em uma das lanchonetes mais tradicionais e, por conseguinte me deliciar com as iguarias servidas naquele local. No caminho até esta lanchonete, era comum ver artesãos, enxadristas, engraxates, jovens das mais diversas "tribos", senhoras bem vestidas, outras nem tanto, homens elegantes, executivos apressados e também pregadores da Palavra aos gritos dizendo que a volta de Jesus era iminente. O mais interessante de tudo isso, é que cada um destes grupos possuíam uma marca pessoal. Os artesãos com suas roupas coloridas e suas tatuagens marcantes, homens com seus chapéus a cobrir a calvície, mulheres com a exuberância de algumas joias e também a Bíblia na mão do pregador. Todos estes eram conhecidos por suas características únicas. Sempre que ia a estes locais eu parava no tempo a observar os seus modos a procura de entender um pouco mais sobre os mesmos. Uma conclusão era sempre tirada por mim. Eles eram únicos em seu agir e viver. Todos sem exceção aparentavam ter toda a felicidade da vida ao seu dispor naqueles momentos. Hoje muito tempo depois, já não vou com frequência a estes locais. Porém, sei por fontes confiáveis que muitas destas tribos já não andam por aqueles lados devido a violência que assola nossa cidade. Mas, e as marcas que eles deixaram? Ainda estão por lá? Os enxadristas, com certeza formaram vários outros que ainda jogam em outros locais da cidade. Os engraxates deixaram suas marcas de um tempo onde as pessoas se preocupavam com a elegância no vestir e nos bons modos no trato com os outros. Os executivos apressados, estes já não correm tanto e as mulheres com suas joias não circulam mais por lá. Elas agora estão nos shoppings-centers a desfilar o seu brilho. E aquele Pregador com sua Bíblia? Este sim com certeza deixou uma grande marca na sociedade. Penso eu em quantas vidas foram salvas através daquele Arauto de Boas Novas? Em Isaias 55:11 está escrito "Assim será a minha palavra, que sair da minha boca; ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei." Portanto, ninguém que passou por aquele lugar que tenha ouvido a Palavra de D'us através da boca daquele homem, continuou a ser o mesmo. Todos nós temos uma característica que é marcante para todos aqueles que nos rodeiam. Esta marca pessoal e indelével faz com que sejamos únicos diante de todos. Esta marca da qual falo é e deve ser nossa identidade por toda a nossa vida. Ela foi forjada e paga com um preço altíssimo por alguém que nos ama de maneira incondicional e que não poupou seu Único Filho para que tivéssemos a liberdade e vida Eterna. Esta marca é o Sangue de Jesus que foi derramado na Cruz por mim e por você. Por toda a humanidade e que está marcada para todo o sempre em nós como uma tatuagem que nunca será tirada. Esta deve ser nossa identidade. Então eu pergunto. Qual é a sua marca de identidade? A identidade do Cristão é a marca do Sangue e que ela seja marcante e indelével como foi o Sacrifício de Jesus por cada um de nós.

Na certeza de que mesmo não merecendo recebi esta marca em minha vida e se tornou minha identidade, sirvo para sempre o Nosso D'us.