Geraldo Magela de Oliveira

Contato

Promessas ELEITORAIS - Crônicas do Oliver

Crônicas do Oliver

Promessas ELEITORAIS

Olá,

Estava hoje no trabalho quando ouvi um carro de som a chamar a população para um ato em frente à Prefeitura local. O motivo, o não cumprimento de uma promessa feita pelo então candidato a prefeito aquando das eleições municipais. Este mesmo candidato, em sua campanha prometeu a continuidade da isenção de pagamento do imposto anual, relativo aos bens imóveis de cunho residencial. Porém quando o mesmo foi eleito, foi votada pela Câmara de Vereadores a devida volta do pagamento deste imposto que o prefeito não vetou. Nós já deveríamos estar acostumados com estas situações e aceitar estas situações. Não. Nós temos a obrigação de nos manter firmes e não aceitarmos ser dominados por promessas vãs e fúteis. No âmbito religioso, isto infelizmente também é presente. Só que são promessas feitas exclusivamente para enganar alguns crentes incautos que, na sua ingenuidade e ou até mesmo cobiça desenfreada, faz sacrifícios financeiros absurdos em prol de um pseudo-retorno que muitas vezes é prometido ser de cem por um. Ora, não vivemos em uma sociedade agrária dos tempos bíblicos, onde a o promessa Do Eterno era de fazer multiplicar os seus grãos a trinta e cem por grão semeado. O que vemos hoje é um povo que quer enriquecer sem trabalhar, ter lucro às custas de outro. Já não se importam em passar ´por cima do irmão, desde que o lucro seja bom. Está escrito: "Comerás o teu pão com o suor do teu rosto, até que voltes à terra da qual foste tirado; porque és pó e pó te hás de tornar." Gn. 3:19. Então pensem bem antes de acreditar nestas promessas. D'us prometeu te abençoar e com certeza, Ele o fará. Mas, tudo ao tempo D'Ele, pois só Ele sabe de todas as coisas. Prepara-te, esforça-te e tem bom ânimo. O Senhor teu D'us é justo e fiel para contigo e não te desampara nunca. A tua prosperidade é a ausência de necessidade em seu lar. Seus filhos com saúde e sua família na Presença Do Senhor. Deixe de acreditar nas promessas do homem e firme-se nas promessas de D'us. Vale lembrar que o período eleitoral está chegando e mais uma vez ouviremos essas promessas.

Porque somos herdeiros do Pai.