Geraldo Magela de Oliveira

Contato

Os DESEJOS de um coração atribulado - Crônicas do Oliver

Crônicas do Oliver

Os DESEJOS de um coração atribulado

Olá,

Há poucos dias escrevi sobre os desejos mundanos aos quais somos expostos a todo o momento. E falar sobre isto me deixou com um gosto de quero mais. Vou falar sobre isso porque, a cada dia aumenta nossa exposição a estes desejos e ainda maior, a necessidade de lutarmos contra eles. Hoje quase todos têm smartphones com internet e, por conseguinte uma grande maioria tem aqueles aplicativos de conversas instantâneas nos quais são formados grupos. Nestes grupos, nem todos pensam da mesma forma e divulgam imagens e vídeos que não cabem dentro do contexto cristão. Agora, se você receber um destes itens, não vá de cara criticar quem enviou, pois o dever de não estar exposto àquilo é seu. Na grande maioria das vezes ele não sabe quem você é. Então, ao se sentir afligido em sua sensibilidade ou credo saia do grupo. Se andares na rua e vir uma mulher ou homem vestidos de uma forma sensual, é seu dever resistir e não olhar novamente. Porém se não consegues, não saia mais de casa. Devemos aprender a ver e conviver com as ditas coisas mundanas. Pois o que é mundano para nós, talvez não seja para o outro. Então não cabe a nós criticar e sim rejeitar. E rejeitar, significa que não compactuarei com aquilo que me fere. Tornar-me-ei separado ao rejeitar a exposição contínua ao mundanismo. E o termo separado, não significa que onde você estiver não haverá pecado e vicissitudes. Porém significa que mesmo que ao vosso redor esteja repleto de situações pecaminosas e desvarios mundanos que lhe chegue aos olhos, você é separado por não sucumbir àqueles desejos e tentações e que mesmo que se cheguem até vós, não te causarão dano algum uma vez que estais revestidos pela santidade em vossa vida. Não sejamos hipócritas em sentarmos em cima de nós mesmos, devemos ser santos em tudo o que fazemos e não ser santarrões. Ser santo é ser justo, é ser capaz de mudar o mundo à nossa volta, ser capaz de ser virtuoso em nossas atitudes e principalmente ser capaz de respeitar as diferenças daqueles que conosco convivem. Portanto, que a partir de hoje sejamos capazes de mudar o mundo à nossa volta e fazer desta terra um lugar melhor para se viver, onde as pessoas respeitam as diversidades sem, no entanto se misturar com o pecado.

Que sejamos puros de coração e alma e santificados pelo ensinamento que recebemos.

Porque servo sou e vivo para servir ao meu Mestre.