Geraldo Magela de Oliveira

Contato

O Sustento diário - Crônicas do Oliver

Crônicas do Oliver

O Sustento diário

Olá,

Falei outro dia sobre a necessidade de agradecer a D'us em todo o tempo pelas bênçãos que já nos tem dado e por aquilo que Ele ainda vai nos dar. Pois hoje vou falar de algo um tanto parecido. Você já pensou de onde vem o seu sustento diário? Você pode dizer que vem do teu trabalho. Mas, se eu te disser que do teu trabalho não tiras o teu sustento. Podes me chamar de pirado ou coisa parecida. Mas, o teu sustento vem unicamente do amor de D'us pela tua vida. D'us sustenta os peixinhos dos rios e mares, às flores ele dá o orvalho que as embeleza pela manhã. Das plantas Ele cuida dando a chuva e o orvalho, fazem-nas crescer e ao florescer Ele envia as abelhas e pássaros para se alimentarem e depois levar as sementes para serem semeadas em outro lugar. Aos animais que não trabalham Ele dá força para caçar e água fresquinha nos rios. Agora pense. se Ele faz isto pelos animais e pelas plantas o que Ele faz por você que foi criado à imagem e semelhança D'Ele? Quem te dá saúde? Quem te carrega no colo quando está fraco na fé? Quem cuida de sua família quando viajas a trabalho? E quem te deu o emprego de onde vem o teu salário? Ele te deu inteligência e perspicácia para lidar com as coisas deste mundo. E o mais importante, se hoje tens vida em abundância, é porque Ele deu seu único filho para te salvar e te perdoar de todo teu pecado. E assim o teu sustento diário está garantido. Pois Ele te amou de forma incondicional e a tal ponto que não importa o quanto você pecou. Ele te recebe de braços abertos e te chama de filho. E qual o Pai que não faz tudo pelo seu filho?

Lembre-se que nós sem D'us não somos nada.

Então agradeçamos todos os dias por tudo o que Ele fez por nós.

Na alegria de ser sustentado por D'us.