Geraldo Magela de Oliveira

Contato

O Cansaço do dia a dia. - Crônicas do Oliver

Crônicas do Oliver

O Cansaço do dia a dia.

Olá,

Hoje estou um tanto cansado. Cansado da hipocrisia, cansado da mesmice das pessoas, da falta de tato, da falta do bom humor, da ausência de solidariedade e principalmente da falta de amor. Em um só dia, tive a triste oportunidade de presenciar tudo isso junto. E infelizmente as pessoas já não se dão conta do que estão fazendo uns aos outros. Tornou-se normal, é coisa do cotidiano. E não pense que se falares a respeito ou mesmo chamar a atenção, seremos ouvidos. Receberemos uma sonora reprimenda a dizer que somos chorões, mimados e outros tantos adjetivos. Embora tenha confiança de que as coisas podem melhorar, me sinto desanimado ao ver a degeneração das pessoas. Há não muito tempo, as pessoas eram corteses umas com as outras. Hoje o que se vê, é somente a procura do eu. Procuramos sempre ter mais e nossos valores estão deturpados e em alguns casos, não há mais valores morais. A sociedade em geral e infelizmente o meio cristão, tem caminhado para um abismo do qual se não for totalmente restaurada, não teremos volta. Nossas opiniões não podem ser expressas, sem que sejamos ameaçados. Nossos valores como servos de D'us, caíram em desuso, por uma sociedade vil e promiscua, onde o valor moral foi substituído pelo valor financeiro. Tudo se pode desde que tenhamos algum lucro. Tudo é permitido desde que alcancemos as riquezas. Riquezas financeiras e não as verdadeiras que são os frutos do Espírito. Lembrei-me então de um título do Lord Jonathan Sacks em que se pergunta, "Teremos netos Judeus?" E com base no que a sociedade professa hoje em dia, eu pergunto. Teremos descendentes que sejam pessoas honradas e com valores morais elevados? Se continuarmos com a perseguição das riquezas materiais em detrimento dos valores cristãos e desta ganância exacerbada em que só se pensa em alimentar nossa sanha pelo acumulo de bens, pela nossa avareza. Com certeza, não os teremos. Nossa geração será lembrada pela esterilidade espiritual, pela ausência da moralidade e dos bons exemplos. Não teremos um legado a deixar para nossos filhos. Temos que urgentemente mudar nosso estilo de vida e ensinar aos outros o verdadeiro valor que é a Fé no D'us Vivo. Devemos levar a todo ser vivente uma experiência com D'us que seja exemplificada pelo nosso comportamento e não pelas nossas palavras. Assim, teremos algo de bom para deixar aos nossos.

Que O Eterno Criador nos ilumine e que saibamos reconhecer a verdadeira Luz que vem D'Ele.

Na certeza de um reencontro com D'us.