Geraldo Magela de Oliveira

Contato

Nós exigimos demais - Crônicas do Oliver

Crônicas do Oliver

Nós exigimos demais

Olá,

O que se passa conosco? Pergunto, porque a cada dia que passa noto que fico mais exigente com o que me cerca e também com alguns que me rodeiam. Nossa paciência está diminuindo? Ou seria simplesmente o fato de uma exagerada simplificação de outros. Mas, também há o nosso lado que enxerga que outros não mudam, não evoluem e permanecem com discurso retrógrado. Creio eu que principalmente aqueles que servem Ao senhor e que tem a responsabilidade de vidas, de ensino, evangelização e até mesmo o cuidado, deveriam ter a noção de que as pessoas mudam e com elas suas necessidades. A Palavra de salvação é a mesma ontem, hoje e será amanhã. Porém, aqueles que precisam ouvir esta Palavra, tem hoje uma capacidade de percepção muito maior do que as pessoas de 30, 40 anos atrás. Não que sejam melhores ou mais inteligentes. Simplesmente pelo fato de que o conhecimento hoje é disponibilizado de forma instantânea. Uma criança de 6 anos hoje, tem à sua disposição e sabe lidar muito melhor que muitos adultos, uma tecnologia infinitamente mais elevado do que aquilo que estava ao nosso dispor aquando de nossa juventude. Notebooks, tablets e smartphones, já não são segredos para estas crianças. Então, a capacidade aguçada e a percepção elevada tornam estas crianças mais desafiadoras no que diz respeito à evangelização e ao ensino, pois tem uma capacidade elevada de questionamentos e de lógica. Se as crianças são assim, o que diremos então dos jovens e dos adultos de hoje. Temos a obrigação de rever nossos conceitos e nos prepararmos cada dia mais para que possamos cumprir os mandamentos de D'us e sermos além de tudo exemplos para estes que hoje nos ouvem e leem. Portanto, as exigências não são somente nossas, o mundo a quem devemos levar a Palavra de D'us, exige de nós um comportamento elevado, uma capacidade argumentativa maior e principalmente um conhecimento infinitamente superior daquilo que professamos e proclamamos. Por isso, oremos Ao Pai eterno que nos dê a capacidade de entendimento e o melhor, que retire de nós todo orgulho para que possamos crescer na Palavra e no Amor de D'us.

Na clareza de entendimento e a procura de ser isento de orgulho.