Geraldo Magela de Oliveira

Contato

Devo agir com BONDADE? - Crônicas do Oliver

Crônicas do Oliver

Devo agir com BONDADE?

Olá,

Em uma rápida olhadela pelas redes sociais das quais participo, pude sentir o furor de uma casta em ascensão nos meios da nossa sociedade virtual. Esta casta que se acha melhor que a maioria, que se diz santa, recatada e guardadora da moral e bons costumes, tenta com sua verve venenosa destruir a tudo e a todos que não rezam por sua cartilha. E quando falo desta casta, não falo somente daqueles com viés político diferente, falo também dos religiosos, dos sem religião, dos estudados e daqueles que não possuem formação. Todos sem exceção querem amealhar para suas fileiras o maior número de conscritos possíveis e mesmo que para isso tenha que destruir tudo aquilo que já se encontra estabelecido há séculos. Pois, na visão própria e desqualificada destes indivíduos, eles são a nova e única verdade absoluta. O resultado desta sanha de poder e protagonismo é uma sociedade doente, um país em frangalhos e uma igreja sem identidade. Não penso aqui que por falar aquilo que me vem à mente, me excluirão de seus venenosos comentários e também assim não espero. O que espero e tentar abrir os olhos de um povo que tem um poder imenso em suas mãos e que não tem a mínima ideia de como utiliza-lo e muito menos para que serve. Falo da bondade humana que foi plantada por D’us em cada um de nós. Alguns que não creem em Deus, podem dizer que esta bondade não veio dele. Mas, então como explicar a morte de um filho Unigênito em prol de uma imensidão de pecadores? Como explicar que um ser pequeno e inocente como uma criança é capaz de dividir seu lanche com um desconhecido simplesmente por ver que o mesmo tem fome. Explicar a alegria dos Espíritas ao sair de suas casas para fazer campanhas de arrecadação de alimentos para os menos favorecidos? E até mesmo o que alguns endinheirados que fazem em oculto caridades que nos deixam perplexos. Então, somente quero lembrar que apesar de nossa teimosia em fazer cara de durões, por baixo desta casca com certeza temos uma imensa bondade em nossos corações. Por isso, não deixemos que esta casta de pessoas raivosas se sobressaia sobre a sociedade. Vamos cada um de nós tomarmos a decisão de espalhar bondade e amor por todos os cantos e inclusive da internet. Sejamos misericordiosos, e tenhamos compaixão. Doemos o melhor de nós e façamos com que outros também assim ajam para que um mundo melhor seja reconstruído através de nossas ações. É dia de fazer extrapolar todo sentimento puro que há dentro de nós e façamos de acordo com o propósito para o qual fomos criados. Ser diferentes e fazer do lugar em que vivemos o melhor lugar da terra.

Na certeza de que com bondade e amor posso trazer de volta a alegria para as pessoas.