Geraldo Magela de Oliveira

Contato

Amizade mais FORTE que a MORTE - Crônicas do Oliver

Crônicas do Oliver

Amizade mais FORTE que a MORTE

Olá,

Muito se fala em verdadeira amizade. Alguns dizem que são os melhores amigos, que não importa o tamanho da luta ali estarão conosco, que independente da condição financeira estarão sempre presentes e que não importa se estivermos na bênção ou no pecado seremos juntos o tempo todo. Mas, em sua grande maioria das vezes isso não passa de palavras vãs. Palavras que são ditas no calor da emoção sempre tem a tendência de não serem respeitadas e honradas mais tarde. Todos nós já passamos por estes momentos em que no pior dia de nossas vidas, quando esperamos um carinho ou um gesto de solidariedade de alguém, nos frustra ao saber que nenhum daqueles "amigos" comparece para nos fortalecer ou mesmo ajudar financeiramente. Pode até não ser por vontade própria o não comparecimento ou mesmo o afastamento dessa pessoa. Pode ser a vergonha de não ter como ajudar financeiramente ou em alguns casos, a falta de caráter mesmo. Mas, independente de qual seja a situação, não podemos deixar de crer que amizades verdadeiras, mesmo que muito raras ainda podem existir. Afinal exemplos de verdadeiras amizades se encontram nos quadrinhos, nos filmes de super heróis, na música e também na Bíblia. Quem não se emocionou com a história de ET e Elliot, Debi e Loid, com a amizade de Mickey Mouse e Pato Donald, Masha e o Urso, Roberto e Erasmo Carlos, Lennon e MacCartney e também Zorro e seu amigo Tonto. Mas, também vale lembrar Tom e Jerry e principalmente lembro-me de um personagem da extinta Revista O Cruzeiro conhecido como O Amigo da Onça. Mas uma história me marca muito. Trata-se da história de Davi e Jonatas, uma amizade tão forte que fez com que um filho se colocasse contra o pai para defender seu amigo. Tão forte e sólida que mesmo após a morte de Jonatas, que Davi ao saber de um filho do mesmo ainda estava vivo, procurou-o para que fosse honrado pelo que era e restituiu-lhe toda a herança a qual tinha direito. Quem em sua são consciência faria tal coisa? Somente alguém que ama a seu irmão da maneira que D'us nos ordena. Que seja como a nós mesmos e assim verdadeiramente sinceros. Então, não importa o quão distante alguém esteja, se precisarem de você não meça esforços para ajudá-lo. Pois assim fazendo, além de ajudar seu irmão e amigo vai cumprir um dos maiores mandamentos de D'us e assim seremos dignos de receber na mesma moeda o carinho e apoio dados. Que assim seja em cada um de nós.

Na certeza de que com amigos verdadeiros mais fortes a cada dia seremos.