Geraldo Magela de Oliveira

Contato

Além da Compreensão - Crônicas do Oliver

Crônicas do Oliver

Além da Compreensão

Olá,

O que entendemos ou percebemos quando alguém nos fala de algo novo e que muitas vezes não tem sentido algum para nós? Quando alguém próximo a nós erra e não sabemos a extensão do erro? Ou mesmo se encontramos algo que nos diz de uma forma o que é para ser visto de outra. Em tudo isto sempre é salutar que tenhamos a capacidade de enxergar que nem sempre sabemos tudo e também que na maioria das vezes não temos razão e que algo ou alguém é superior ao nosso entendimento. O que fazemos depende em muito de como foi a nossa criação e educação. O fato de crescermos em meios onde uma cultura de tolerância é mínima, nos faz pouco adeptos a transformações. temos uma cultura do não perdão a quem erra. Era assim no século passado quando uma jovem solteira engravidava, quando uma mulher desquitava e até mesmo quando alguém se convertia ao evangelicalismo. A falta de amor, conhecimento e a incapacidade de perdoar fez com que muitas pessoas sofressem danos terríveis em função da nossa falta de tato nestes assuntos. Vidas que foram dizimadas, sonhos que foram quebrados. Tudo por causa da hipocrisia de alguns que se julgavam melhores que os demais. Juízes e carrascos em uma mesma pessoa. A nossa falta de compreensão dos fatos e a falta de uma atitude amorosa com as pessoas ao nosso redor tem nos piores do que aqueles que cometeram crimes sérios contra a humanidade. Porque eles não tinham a revelação da Palavra de D'us da forma que nos temos hoje em dia. Hoje somos privilegiados por ter ao nosso dispor uma vasta rede de conhecimento e termos a consciência de que O Espírito de D'us nos revela algo sublime e maravilhoso a cada dia de nossa caminhada. Mas, se realmente temos isso em nosso cerne, devemos enxergar os outros da maneira que D'us enxerga. com olhos de amor e misericórdia. Dizem que somos melhores porque temos a salvação do Mashiach em nossas vidas. Então é hora de mostrarmos que realmente somos um povo diferente. Capaz de perdoar, amar e receber de corações e braços abertos todos aqueles que erram independente de contra quem seja o erro. É hora de amar de dar este amor até doer em nossas almas.

Por um mundo compreensivo e repleto de amor.