Geraldo Magela de Oliveira

Contato

A MORTE é uma constante ÚNICA - Crônicas do Oliver

Crônicas do Oliver

A MORTE é uma constante ÚNICA

Olá,

Se há algo que é uma certeza em nossas vidas e que em algum momento chegará até nós é a morte. Pode ser breve ou muito distante no tempo. Pode ser de forma calma, mas também dolorida. Pode ser esperada ou ser de surpresa. Uma certeza é que ela chegará até nós. A forma de lidarmos com ela, também é diferente em cada um de nós. Seja por motivos de espiritualidade ou mesmo por descaso de alguns. E por mais que estamos dispersos neste mundo, quando ela chegar estaremos mais próximos uns dos outros. Neste momento as famílias se ajuntam e em alguns casos se diz. Precisamos parar de nos encontrar somente em velórios. Porém naquele momento o distanciamento é colocado de lado e vivemos a dor e o sofrimento daqueles que ficam e com a saudade daqueles que partem. Mas, o que tem a morte de tão especial que nos transforma como seres humanos todas as vezes que estamos diante dela? Já fui vítima de um capotamento de ônibus em que o motorista veio a falecer e somente após algumas horas vim a sentir dor e me esclarecer do que havia acontecido. Naquele momento me lembrei de tudo o que havia vivido e pensei também em cada um de meus projetos que poderiam ter ficado para trás se esta fosse a vontade Do Eterno Nosso D'us. É claro que fiquei um bom tempo com medo de viajar de ônibus e a pensar naquele momento durante as noites de sono que vieram a seguir. Mas, um aprendizado veio daquele momento. O que devo valorizar cada instante que passo nesta terra. Minha vida deu uma guinada e na qual pude viver intensamente cada situação que pusesse à minha frente. Passei a valorizar ainda mais minha mãe e minha esposa. Tornei-me mais seletivo no que diz respeito às amizades. O meu tempo se tornou escasso e somente dele faz parte aquele que realmente valoriza a minha amizade. O resultado, são pouquíssimos amigos, família cada vez mais unida, esposa cada dia mais amada e uma vida com D'us a caminho da plenitude. A morte pode estar á nossa frente e não a enxergarmos. Porém, apesar dela ser uma constante que gira em nosso redor o tempo todo, somente com a vontade de D'us ela se manifesta em nós. Por isso, vivamos intensamente cada momento e se ainda não tem uma vida plena com D'us, o momento é gora. Chegou a hora de mudarmos aquilo que somos e fazer deste mundo um lugar melhor para nossos descendentes para quando a morte nos chamar, não deixemos nada pendente. Mas que deixemos um legado valoroso para nossos filhos e netos. Porque é assim que seremos lembrados. Não pelo que temos e sim pelo que somos e seremos a partir de hoje.

Na certeza de que melhor serei alguém melhor a partir de hoje.