Geraldo Magela de Oliveira

Contato

A Demência espiritual - Crônicas do Oliver

Crônicas do Oliver

A Demência espiritual

Ola,

Estava falando com um Pastor amigo ao telefone por estes dias e o mesmo me contou sobre uma altercação que tivera com uma sua liderada. Contou-me que a insubordinação dela era tamanha que estava quase a desistir de tudo o que dizia respeito a essa Senhora. Contou-me também que ela não concordava com algumas normas da comunidade que frequenta e que entre as razões de suas queixas, estava justamente algo que é pregado em outras denominações. Não sei se entendi mal ou simplesmente não era para entender. Em minha concepção, se eu não estiver satisfeito com os costumes e ritos da comunidade que frequento, pego minha malinha e vou-me embora. Então, expressei minha opinião a ele e fui impactado pela resposta de que esta mesma liderada lhe deu. Ela lhe falou de profecias de pessoas de fora do contexto em que se encontram, para mais uma vez justificar suas atitudes. Depois de toda a análise contextual dos fatos, cheguei a seguinte conclusão. Vivemos hoje em uma igreja onde o aprendizado não é visto como essencial. E se uma igreja não ensina a Palavra de D'us, não serve pois me deixa fraco de argumentos. Se esta mesma igreja trabalha forte o ensino da Palavra de D'us, também não serve uma vez que não me deixa tempo para fazer todas as orações e campanhas. Ou seja, buscamos uma igreja perfeita, quando na verdade deveríamos reconhecer que os verdadeiros imperfeitos somos nós. Não é a igreja que tem que se moldar ao nosso modo. Nós e que nos moldamos diante da Igreja de Jesus. E infelizmente a grande maioria das igrejas hoje estão infestadas por homens e mulheres que não sabem o verdadeiro valor de ser cristãos ou servos de D'us. Andam tão ensimesmados que não enxergam um palmo do que está diante deles. Só se preocupam com seu bem estar e com um cargo que almeja na igreja e que nem de longe está preparado para ocupar. Oro ao Pai para que não me deixe ensoberbecer, que me tire toda a cobiça e coloque em mim cada dia mais a vontade de aprender mais sobre Sua Palavra e que me ensine cada dia mais a amar. Pois tenho consciência de que sou imperfeito e que não passo de um verme diante de Sua grandeza. Peço a Ele que transforme a igreja de hoje em sua verdadeira noiva e que sejamos impactados pro Seu Amor e Sua Bondade. E que no futuro, nossos filhos e descendentes tenham orgulhos do legado que deixaremos para eles através de nossas transformações.

Porque hoje é dia de mudança.