Geraldo Magela de Oliveira

Contato

A Cooperação de Deus - Crônicas do Oliver

Crônicas do Oliver

A Cooperação de Deus

Olá,

Em tempos bicudos como estes em que vivemos, chegamos à conclusão de que sozinhos, não conseguimos vencer a crise e as dificuldades que se impõem diante de nós. Mas, porque somente quando a crise chega e que damos conta disso tudo? Porque somente diante da pobreza, das dificuldades financeiras, da doença e do fracasso amoroso, buscamos apoio e cooperação? Desde que me entendo por gente, ouço falar em crises e que se continuar assim com certeza não conseguiremos sobreviver. Porém, apesar de tudo, sempre alcançamos nossos objetivos. Há 20 ou 30 anos atrás, era impensável a quantidade de veículos que circulam nas nossas cidades. Ter uma casa própria era sonho que somente os mais abastados conseguiam realizar. Isto sem falar nas modernidades, tipo computadores, filmadoras e até televisores tela grande. Hoje tudo isto é acessível à grande maioria das pessoas e mesmo com toda a crise financeira, as lojas de eletroeletrônicos, os vendem como se fosse pão quente. Mas, de onde vem todo este dinheiro? De onde vêm os valores que gastamos no supermercado? O dinheiro do salário, nem sempre é o suficiente para pagar todas as contas e alimentação. O que vejo nas famílias cristãs é bem diferente. E a diferença está naqueles que servem a D'us de todo o seu coração e entendimento. Mas, somente na vida daqueles que se lembram de que D'us está com eles em todos os momentos e tem a certeza que Ele não está presente somente nos tempos de crise, mas que também agradecem pelos momentos de alegria e abastança. O deserto em nossas vidas é providencial para percebermos o tamanho de nossa dependência de D'us e também ajuda na formação de nosso caráter cristão. Então, devemos ter a consciência de que a cooperação e o auxilio de D'us é em todo o tempo e que devemos nos lembrar disso em todos os momentos e com todo o nosso ser. E quando este tempo de dureza e dificuldade passar e estivermos novamente nos refestelando na fartura que D'us nos proporciona e sabedores que a prosperidade Divina está todo o tempo em nossas vidas, não nos esqueçamos D’Ele e lembremos de tudo o que fez por nós.

Na certeza de um povo grato e ciente de sua dependência.