Geraldo Magela de Oliveira

Contato

Um Amor Especial - Crônicas do Oliver

Crônicas do Oliver

Um Amor Especial

Olá,

Muito se fala sobre amor verdadeiro. Seja entre cônjuges, amigos, irmãos e entre pais e mães. O amor de Abraão por Isaac seu filho era de sobremaneira grande e infinitamente maior que o sentimento que nutria por Ismael. E por maior que fosse, não era tão grande como o amor de Abraão por D'us. O amor que sentimos uns pelos outros, pode ser dosado em virtude daquilo que demonstram para nós. Da forma que nos tratam e também como é manifestado no dia a dia. Por amor, fazemos de quase tudo e em alguns casos até loucuras se fazem. Uns agem por ciúmes e dizem que é amor excessivo, outros agem com desleixo e dizem que faltou-lhes amor. O amor é o sentimento mais importante que sentimos e devemos sentir uns pelos outros. O Apostolo Paulo mesmo disse em sua Carta aos Coríntios que não adiante ser o melhor em tudo se não possuirmos amor de nada vale. Mas, qual o valor exato que o amor possui? O amor por si somente tem valor imensurável. E por ter este valor é que se torna especial em todos os sentidos. Uma amor de adolescente levava nossos corações a agir de forma abrasadora quando a amada era vista. Na idade adulta, apesar de um maior comedimento nos sentíamos em furor palpitante dada a velocidade com que os nosso corações batiam. Então, o que dizer de um sentimento quando alguém que lhe foi "comprada" como esposa é levado até você? Quando Abraão mandou seu servo Eliezer buscar uma esposa para seu filho, ele pediu para que fosse buscada entre seus parentes porque não queria que Isaac se casasse com Canaanita que era o povo junto ao qual teria se instalado. Ao visualizar Rebeca que naquela época deveria ter por volta de 13 anos e que ao invés de enviar suas servas saiu ela mesmo a buscar água. Eliezer viu a provisão Do Senhor naquele momento e teve a certeza de ela ser a escolhida. Mas, e Isaac? Será que sentiria algo por aquela menina? Foi justamente o que aconteceu. Podemos notar que apesar de Abraão amar Sara, em nenhum momento a Bíblia fala deste amor. Mas, no caso de Isaac e Rebeca a Bíblia faz questão de ressaltar o sentimento que os nutria e a intensidade do mesmo. Então, assim como Rebeca amou Isaac, Abraão amou Sara, podemos ter a certeza de que os sentimentos de nossos patriarcas eram especiais. Especiais para que deles fosse formada uma nação de grandeza sem precedentes. O povo de D'us pode não ser o maior da terra, mas nenhum povo ama a Seu D'us de forma tão intensa. Por isso, D'us em seus mais altos céus que apesar de ser inatingível a nós mortais, nos ama de maneira intensa e incondicional. Ama porque sabe que este povo que se chama pelo Seu Nome, é um povo adorador e que não importa as dificuldades sempre irá amar e reconhecer o que Ele tem feito por cada um de nós. E hoje por reconhecer que apesar de minha inferioridade e pequenez, creio de todo o meu coração que o sentimento mais puro e especial está ligado de forma permanente àquilo que sou por ser eu um servo Do Altíssimo.

Porque D'Ele é o Amor maior e assim D'Ele sou dependente.